Parque Industrial Vila Chã – Curvos acolhe investimento superior a quatro milhões de euros do Grupo Tintex

O presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, participou hoje, na zona industrial Vila Chã – Curvos, na inauguração das instalações da empresa HATA, Grupo Tintex, cerimónia que contou com a presença do Secretário de Estado Adjunto e da Economia, João Neves.

O autarca destacou “a visão empreendedora, o carinho pelo negócio e a competência profissional” da família Silva que, há 23 anos, criou a primeira unidade industrial.

A instalação da nova sede da HATA, em Esposende, significa um investimento de 4.500.000€ e irá empregar 25 trabalhadores.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende vincou a resiliência como traço fundamental para sobreviver no mercado nacional.

“Em articulação com o Serviço de Desenvolvimento Económico, com os técnicos do Município e com o Eng. Mário Silva, fomos ultrapassando todos os obstáculos e adversidades que insistiam em atrasar este processo. Meses à espera de um visto do Tribunal de Contas, entraves no enquadramento do licenciamento, na infraestruturação deste espaço industrial, avaliações e liquidação de impostos super demoradas. Foi uma verdadeira epopeia”, lembrou Benjamim Pereira para criticar “a burocracia instalada nos órgãos e serviços públicos que esmaga, desincentiva e faz esmorecer o entusiasmo dos empreendedores”.


A estes entraves, Benjamim Pereira responde com as “facilidades” disponibilizadas pelo Município para captar investimento e fixação de empresas: “O Município disponibiliza serviços dedicados ao apoio ao investimento, com um ambiente fiscal atrativo e com incentivos ao investimento. Somos dos poucos municípios que não cobra derrama às empresas, temos a taxa mais baixa de IMI, isenção do pagamento de taxas urbanísticas, isenção do pagamento de IMT, a Via Verde do Empresário, um Regulamento Municipal de Concessão de incentivos ao investimento ajustado às necessidades das empresas e dos investidores e disponibiliza os serviços de apoio, através da START Esposende”.


O Secretário de Estado Adjunto e da Economia, João Neves vincou o investimento da HATA, “na consolidação da atividade económica, demonstrando uma visão de longo prazo, já com forte aposta na economia circular”.
Sobre o apoio à atividade económica, o governante lembrou a reabertura dos sistemas de incentivos ao investimento industrial, numa lógica que visa “apoiar a recuperação empresarial da profunda depressão causada pela pandemia”.
Mário Silva, presidente do conselho de administração da HATA enquadra a abertura da nova unidade industrial na estratégia de “investimento e expansão que tem como objetivo aumentar e diversificar a produção” desta empresa têxtil.
O empresário lembra o importante papel desempenhado pelo atual executivo camarário que tem proporcionado as condições necessárias para a instalação de empresas no concelho de Esposende. Estamos orgulhosos por darmos o primeiro passo nessa nova história da indústria de Esposende”, com a instalação da HATA a conferir um novo impulso ao parque industrial Vila Chã – Curvos.

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email