CTT lançam fundo de investimento de quatro milhões de euros para apoiar PME e startups

O fundo de investimento criado é “integralmente” financiado pelos Correios, mas a gestão do capital foi confiada à portuguesa Iberis Capital. O operador postal está disponível para investir nas áreas e-commerce, operações & logística, comunicações, fintech, retalho e publicidade.

Os CTT – Correios de Portugal criaram o Fundo de Inovação CTT, um fundo de investimento de quatro milhões de euros, tendo em vista a aposta em pequenas e médias empresas (PME) e startups portuguesas, foi esta quarta-feira anunciado.

Em comunicado, a empresa liderada por João Bento salienta que esta é uma forma de reforçar “a ligação e apoio ao tecido empresarial nacional”, impulsionando o desenvolvimento da inovação das empresas. O operador postal está disponível para investir “em sectores alinhados com as prioridades de atuação dos CTT, nomeadamente e-commerce, operações & logística, comunicações, fintech, retalho e publicidade”.

O investimento a ser realizado pelos CTT poderá ser integrado em projetos de coinvestimento, “com a abertura para eventuais parcerias com redes de investidores, para promoção de partilha de oportunidades de investimento”. No caso das startups, a empresa está disponível para investir em rondas de financiamento de startups nas categorias “seed, series A e growth”.

Para o presidente executivo dos CTT, João Bento, “a criação deste Fundo é um passo natural no contributo que os CTT têm dado ao desenvolvimento da economia nacional e à manutenção das cadeias logísticas e ao apoio das empresas na evolução dos seus negócios, apoiando muitas empresas na transição digital”.

O fundo de investimento criado é “integralmente” financiado pelos Correios, mas a gestão do capital foi confiada à portuguesa Iberis Capital. Os CTT acredita que a gestora de investimentos portuguesa, por ter “um curriculum sólido em gestão de fundos” em áreas diversificadas é a melhor para identificar oportunidades de negócio com as PME e startups nacionais.

O Fundo de Inovação CTT atuará em linha com o “programa de interação com startups dos CTT, o 1520 Startup Program, que desenvolve e apoia startups nacionais, contribui em simultâneo para o desenvolvimento do seu próprio ecossistema”.

“O programa de interação com startups visa abrir as portas dos CTT ao respetivo ecossistema, procurando projetos que se enquadrem no nosso negócio, potenciando áreas de colaboração conjunta e com os benefícios recíprocos que daí advêm. Desde a sua criação o programa já mapeou mais de 1800 empresas, com 31 projetos atualmente em curso: 15 em parcerias comercias, 16 em projetos de co-criação e 1 aquisição – Recibos Online”, lê-se no comunicado.

Fonte: O Jornal Económico

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email