18M€ para recuperação do ecossistema empreendedor

Portugal Ventures disponibiliza 18 milhões para recuperação do ecossistema empreendedor.

No âmbito de um conjunto de medidas lançadas pelo Governo, e em estreita colaboração com os seus parceiros, a Portugal Ventures tem vindo a preparar um conjunto de instrumentos de financiamento para apoiar as startups portuguesas e o ecossistema do empreendedorismo a superar as consequências da pandemia COVID-19.

Destacam-se os três instrumentos disponíveis:

Call INNOV-ID – em parceria com a ANI – Agência Nacional de Inovação, a PME Investimentos e a Startup Portugal, a Call INNOV-ID está aberta de 4 de maio a 5 de junho de 2020. A iniciativa destina-se a empresas constituídas há menos de 8 anos ou ainda a constituir, com sede em Portugal Continental e Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira. Para que os projetos de empresas já constituídas, de base tecnológica, sejam elegíveis na Call, as empresas têm que:

  • a) obrigatoriamente, estar registadas no Startup Hub, a plataforma digital comunitária gerida pela Startup Portugal e pela RNI;
  • b) e cumprir, pelo menos, um destes critérios:
  • i) resultar de projetos de investigação e desenvolvimento científico, tecnológico ou académico, desenvolvidos no seio de Instituições de Ensino Superior ou Centros Tecnológicos;
  • ii) estar incubados em Incubadoras de Base Tecnológica ou em Incubadoras com ligações a Instituições de Ensino Superior ou Centros Tecnológicos;
  • iii) empregar ou serem promovidas por recursos humanos altamente qualificados e proporem-se a manter ou criar emprego altamente qualificado;
  • iv) serem reconhecidas como “Empresas do Setor da Tecnologia” pela ANI ou beneficiárias dos seus incentivos.

Para que os projetos de empresas ainda não constituídas sejam aceites na Call, têm que estar obrigatoriamente incubados numa das entidades pertencentes à RNI ou associadas a um dos parceiros da Rede de IPNs da Portugal Ventures, cumprindo também, pelo menos, um dos critérios do ponto b), referenciado nas empresas já constituídas.

Call FIT – em parceria com o Turismo de Portugal e o NEST, foi lançada a 2.ª edição da Call, que decorre até 21 de maio. Esta iniciativa pretende investir em projetos de turismo na fase pré-seed, Non-tech e Tech, que sejam finalistas dos Programas de Aceleração do Fostering Innovation in Tourism. A Call FIT visa colmatar a falta de financiamento que as startups encontram após a conclusão dos programas, dinamizando projetos inovadores de base turística e estimulando o ecossistema empreendedor, através do apoio ao desenvolvimento de ideias e de modelos de negócio que possam gerar novas soluções para o setor do Turismo. Na 1ª edição da Call FIT, a Portugal Ventures investiu em 3 projetos: Bag4Days, Classihy e Sailside, num montante total de 372 mil euros.

Operação Follow-Ons – em parceria com a IFD, a INCM e o Turismo de Portugal, a Portugal Ventures tem vindo a trabalhar desde o início de abril nesta operação. Juntamente com os seus Parceiros de Capital, são identificadas startups que, pelo seu potencial de crescimento e capacidade em ultrapassar as adversidades da pandemia, necessitam de follow-ons para dar continuidade aos seus negócios. Esta iniciativa não tem candidaturas abertas à comunidade de empreendedores, tratando-se de operações de reforço de investimento que estão a ser articuladas com a nossa rede de parceiros de capital.

Fonte: AICEP

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email